Quando começámos este blog tínhamos a intenção de tornar a nossa casa e o nosso espaço de trabalho locais tranquilos, organizados e inspiradores. Não há dúvida de que, se a organização em casa nos traz muito mais paz, tempo e dinheiro, no trabalho é condição essencial. Com organização não me refiro apenas a arrumação mas, também, a “problemas resolvidos” - uma tomada partida, uma cadeira bamboleante, uma secretária pequena, uma iluminação desadequada, uma má organização do espaço,...

O artigo de hoje vem na sequência do artigo anterior, pelo facto d0 blog estar a celebrar quatro anos de existência. Quatro anos que passaram a correr. Tanto, que ainda hoje há objetivos de 2016 por cumprir. "Coisas" que queríamos já ter melhorado nesta casa e, outras, "obras de Santa Engrácia", como as portas de todas as divisões, ainda a precisar do, há muito prometido, restauro e pintura. Mas, e então? É assim a vida...

Faz quatro anos que começámos este blog. Na génese da sua criação está uma vontade de tornar a nossa casa e o atelier locais tranquilos, organizados e inspiradores. Espaços que nos ofereçam uma vida melhor, onde nos sintamos bem, onde gostamos de viver, trabalhar e relaxar. Trabalhar este ambientes – e, consequentemente, organizarmo-nos – era a prioridade, assim como educar a nossa filha, dando o exemplo, no sentido de se permitir ser mais desapegada das "coisas" e mais arrumada. Quatro anos depois, será que o conseguimos? Como está a nossa casa, hoje? E o atelier? E nós? O que mudou...

Olá! Há muito que não tínhamos um diy por aqui. Deixo-vos este, já que estava prometido e é um ótimo entretenimento para um fim-de-semana de chuva, passado em casa, entre bolos e cházinho. Não é bem uma jarra, mas um conjunto de três. Pode ser um centro de mesa (como usei no Natal) ou uma peça decorativa em qualquer divisão de casa. Eu acho-a linda e, mesmo tendo sido construída em balsa (uma madeira bem mole, normalmente utilizada para fazer maquetes), está mais resistente do que pensei que ficaria. Andei muito tempo com esta peça desenhada na minha cabeça. Inicialmente, iria fazê-la em pinho mas,...

Estamos mesmo em cima de mais um Natal e muito perto de celebrar a entrada numa nova década. Nos últimos tempos fiz um teste à minha capacidade de “blogar” e à vossa capacidade e vontade de nos seguir. Para mim, foi um excelente exercício de escrita, de criatividade e resiliência. Convosco, partilhei reflexões, dicas, ideias e sugestões. Espero que tenham tirado o melhor proveito destes artigos, criados com muito gosto, entre muito trabalho no atelier, o meu novo curso, os convívios que se impõem nesta época e uma casa a tentar manter o mínimo de dignidade, já que tivemos um...

God! Como vão esses preparativos para o Natal? Por aqui, vão andando, devagarinho, porque o trabalho apertou muito e não tem deixado margem para quase mais nada. Os presentes estão a ser preparados...

Já devem ter reparado que adoro fazer jarras de garrafas de água. Desta vez, usei um conjunto de três garrafas de vidro para fazer um centro de mesa de Natal bem giro e natural, com plantas secas que vamos apanhando aqui e ali. Sim, porque as miúdas cá de casa andam fãs de flores e folhagem seca, por isso deixamos secar tudo o que apanhamos na rua e, ainda, os ramos de flores que nos oferecem. A base, onde coloquei as jarras, foi feita por mim, apenas com uma placa de balsa. Num próximo artigo, publicarei um "passo a passo"...

A nossa lista de presenteados está feita e os respectivos presentes definidos. Vamos tentar fazer como pensámos - uma pequeno kit temático para cada pessoa -, mas ainda não começámos a reunir o que necessitamos, entre coisas compradas e coisas feitas por nós. Ainda não temos uma única prenda para ninguém. Quem mais se revê neste filme? Assim que a Cá entrar de férias, poderemos contar com a sua colaboração e, como sabe costurar, acho que vamos aproveitar este dote. Os kit funcionarão assim: por exemplo, o kit "filmes" inclui uma lista dos nossos filmes recomendados (checklist feita por nós), um pacote...