Maio 2016

E pronto! Custou mas ficou! Os dias frios, escuros e chuvosos não foram entusiasmantes para terminar logo esta tarefa, mas eis que um sábado nublado foi motivador o suficiente para me empurrar para a oficina e terminar o que já há algumas semanas tínhamos começado!       Gavetas velhas encerram cartas antigas; a minha jarra do coração (prenda de casamento), traz trinchas e pincéis na cabeça (como eu).     Esboços, desenhos e rabiscos soltos — que se encontram por aqui em pilhas e pilhas de papel! — organizados em placas de contraplacado, voltam à vida!     O resto, já conhecem, daqui. Agora que tudo tem o seu lugar, as obras podem continuar. É que esta divisão já foi um quarto e uma casa de banho "mal amanhados". O Eme já fez muito aqui! Mandou paredes abaixo, destruiu a casa de banho,  fez uma porta nova, construiu as bancadas, isolou as paredes com lã de rocha e forrou tudo a madeira, entre muitas outras coisas que já nem me lembro! Sózinho, o pobrezinho! Falta terminar a porta de entrada e outros pequenos pormenores. Tudo se fará...

Ontem foi Dia da Mãe ♥. Nas redes sociais foram revelados os milhões de postais, desenhos, poemas e mensagens que os filhos ofereceram às suas mães. Pois, ainda na sequência do post de há uns dias, aqui está uma forma de valorizar os miminhos que as nossas crianças criam com empenho e nos entregam com carinho! Na nossa casa, entre fotografias de momentos que nos deixam felizes e obras minhas e de outros artistas que admiramos, estão as obras da Ca. Em pormenor (em baixo) pode mesmo ver-se as mais pequeninas de todas: os nossos retratos desenhados em post-it, que fez há uns anos, e que coloquei em moldurinhas à medida, bem pequeninas, e que nos obrigam a chegar perto e esticar o pescoço para as ver melhor. Em cima, são as molduras mais pequeninas. Tão docinha...