Como tirar nódoas de tapetes grandes ou carpetes

Como tirar nódoas de tapetes grandes ou carpetes

Até resolvermos o problema da nossa princesa de quatro patas, vi-me e revi-me para tentar manter sempre limpos os tapetes cá de casa! É que esta bichinha, linda e adorada, deu em vomitar todos os dias… e onde? Pois com tanto chão fácil de limpar, escolhia estrategicamente fazê-lo em cima dos tapetes…
E como é que aqui a Carlota tentava limpar o estrago, já que são tapetes que não conseguimos meter na máquina de lavar? Com um paninho, água e detergente. Ensopava bem o sítio da nódoa, esfregava, voltava a impregnar o tapete com água sem detergente e absorvia, depois, o excesso com um pano seco. Mal! O resultado, para além de não conseguir retirar completamente a nódoa, era uma gigantesca mancha amarela que aparecia depois de secar. E fiz essa asneira com diversos produtos e por diversas vezes, pensando que o problema estava no produto. O nosso lindo tapete, acabadinho de trazer de Almeria, já ia em três grandes nódoas amarelas!!!! E três outros já tinham ido à lavandaria… Fogo…


Cada vez que entrava na sala, eram nódoas que me saltavam à vista!… nódoas e nódoas, aqui e ali… e uma grande tristeza pelo nosso tapete novo, impossível de levar à máquina de lavar…
Mas tinha que haver uma solução para ele. Ah, se tinha! E havia. E eu encontrei-a. E agora, partilho aqui, pois resulta mesmo e acho que é informação preciosa! Consegui tirar as nódoas TODAS do tapete branquinho sem ter que o lavar por inteiro.  Eis como:

Como tirar nódoas de tapetes grandes ou carpetes

O que é preciso:
Bicarbonato de sódio
Água oxigenada
Recipiente pequeno
Escovinha
Aspirador

Como fazer:
Coloca-se um pouco de bicarbonato de sódio no recipiente e um pouco de água oxigenada (para uma nódoa, coloquei umas quatro colheres de sopa de cada); Mistura-se bem até a mistura ficar cremosa; Com a escova vai-se impregnando o tapete desse creme, o qual se tornará cada vez mais seco e espesso até parecer areia. Impregna-se bem e deixa-se ficar umas horas (parece-me que o tempo dependerá do tipo da nódoa, mais fácil ou difícil de tirar); depois de seca, a mistura-se transforma-se num pó e a nódoa já terá desaparecido. Aspira-se o excesso de produto e já está! Tapete novamente limpinho e sem criar outras nódoas amareladas. No meu caso, como as nódoas já tinham uns dias e estavam bem secas – e provavelmente não deixei o produto tempo suficiente, curiosa para ver se funcionava – tive que fazer isto duas vezes, mas à segunda ficou impecável.
Não ensopei tapetes, não transpirei, não tive que mandar lavar fora, não tive que lavar na máquina, apenas coloquei a mistura com a escova, impregnei bem e aspirei ao fim de uma horas.

Atenção! Recomendo que usem a escovinha para uma escovagem ligeira (quase só para impregnar o produto), caso contrário irão alterar o aspeto da pelugem do tapete nessa área (reparem que eu exagerei um pouco).

E então? Contentes por saber? Ou já sabiam e não nos tinham dito nada? Se soubessem o que eu tentei de misturas e detergentes…

Quanto á nossa “miúda”, sim, está melhor da regurgitação, depois de termos adotado uma rotina de penteação frequente (para ingerir menos pelo durante as suas banhocas), depois de termos acabado com umas ervas num vaso da varanda (que lhe irritavam o estômago), trocado a comida em “tenros pedaços” (que saiam inteiros) por uma “mousse cremosa” e os biscoitos habituais por uns especiais para minimizar a formação de bolas de pelo, ainda intercalados com outros de fácil digestão… come melhor que nós, essa gata! E deixou de regurgitar com aquela frequência.

E os nossos tapetes lá estão, limpos e cheirosinhos há pelo menos umas duas semanas, ou três.

Bom, espero sinceramente que haja por aí umas alminhas tão felizes com esta descoberta como eu! Espero ter contribuído para a limpeza fácil de muitos tapetes e carpetes manchados. Se tiverem dúvidas, perguntem-nos. Se gostaram desta partilha, digam-nos.

Beijos, abraços e miados cá da malta,

Carlota

2 Comentários
  • Luisa Boteta
    Publicada às 14:20h, 06 Setembro Responder

    Obrigada pela dica Carlota! Por outras razões, que não gatos, também estava a precisar de saber como fazer ! O meu tapete da zona de refeições bem que precisa. Vou experimentar o mesmo método. Beijinho e obrigada 😊

    • Carlota
      Publicada às 16:52h, 06 Setembro Responder

      De nada! Se as nódoas estiverem muito secas e persistentes, para além de deixar durante um dia, pode-se repetir a limpeza.

Publique uma resposta a Luisa Boteta Cancelar Resposta