Furoshiki – a arte de embrulhar com tecido

Furoshiki – a arte de embrulhar com tecido

Quem tem percorrido o Pinterest já se deve ter dado conta destes embrulhos executados com tecido. A ideia é inspirada na tradicional arte milenar japonesa – furoshiki – de embrulhar presentes tão variados como roupa, livros, garrafas, caixas,…

O furoshiki era uma peça de tecido que fazia parte do ritual do banho, no Japão, usada para guardar a roupa enquanto os japoneses se banhavam nos ofurô, uma típica banheira de madeira. Com o tempo, o furoshiki passou, também, a embrulhar outro tipo de objetos e a fazer parte da arte de oferecer dos japoneses.

O tecido do furoshiki varia entre o algodão, o nylon ou a seda, entre outros, e tem uma forma quadrada. Os tecidos e os padrões podem possuir um significado, serem escolhidos a propósito de uma ocasião ou em função da pessoa a quem se faz a oferta, ou mesmo ter em conta a estação do ano.
Como se não bastasse tudo isto para já gostarmos da ideia, o furoshiki baseia-se, ainda, no conceito de reaproveitamento, já que era feito com as sobras dos tecidos dos quimonos.

Nós adoramos esta forma criativa e inteligente de reaproveitar tecidos e, mais uma vez, podermos ser amigos do ambiente, por isso, já temos umas quantas ideias para os nossos embrulhos de Natal.
Deixo-vos aqui um deles, mas existem imensas outras soluções, basta procurar pela palavra no Pinterest, no YouTube ou no Google.

Espero ter-vos surpreendido tanto quanto a mim própria quanto à história que está por trás destes embrulhos tão bonitos, que agora temos visto por aí.

Bons embrulhos!
Carlota

Sem comentários

Publicar Comentário