Reflexão

Na continuação do update aos artigos que me parecem mais significativos desde que começámos este blog, mantenho a temática da Organização, pois – não sei quanto a vocês – eu gosto de começar o ano com a casa organizada (além disso, a temporada de festas por que passámos assim obriga). Toalhas, panos de cozinha, individuais, todos levaram tal "esfrega" durante as festas que, agora, têm que retomar o seu lugar nas gavetas...

BOM ANOOOO, pessoal!!! Ora aqui estou eu a cumprir a última promessa de 2018: partilhar convosco o que aconteceu com alguns dos DIY feitos por nós ao longo destes três anos. Avaliando assim, de repente, só me lembro de um que não vingou. De resto, julgo que nos podemos dar por muito felizes com a taxa de sucesso dos nossos projetos. Mas, antes disso, queremos aproveitar a ocasião para vos desejar um 2019 muito feliz! Que seja um ano muito profícuo, produtivo e criativo para todos!...

"É desta que vou arrumar a minha vida e tornar a nossa casa e atelier locais de serenidade e inspiração!" Assim começava este blog, no dia 3 de janeiro de 2016. E assim tem sido desde esse dia: arranjamos, construímos, melhoramos, substituímos, destralhamos e organizamos. Destralhar foi mesmo a palavra de ordem de 2017. E o que nós destralhámos...

O final de 2017, como todos os finais de ano, foi demasiado agitado para que pudéssemos parar para pensar e janeiro, como todos os janeiros, foi o mês para fazer planos, pelo que só agora conseguimos fazer um balanço correto do ano que passou e organizar ideias para este ano. E o que é que se passou em 2017? Antes de fazermos o balanço sentíamos uma certa frustração: as 52 tarefas a que nos propusemos não ficaram concluídas. Estávamos um bocadinho chateados. Depois, analisando bem a lista, caso a caso, percebemos que, afinal, fizemos tanto!...

Esta imagem foi uma das que publiquei no Instagram esta semana. Ai, inspiração! O feedback foi tão positivo que é hoje a imagem de destaque deste artigo. Para além do mais, é o exemplo perfeito daquilo que quero partilhar – um canto da nossa cozinha reorganizado com os objetos que decidimos manter depois do "destralhanço" dos armários. São aqueles dos quais não prescindimos, nos quais gostamos de tomar um café ou um chá reconfortante, que contribuem para a imagem perfeita do nosso espaço ou que levamos para a mesa com muito orgulho. Dinheiro investido na remodelação deste espaço: 0. Tempo dispendido: uma tarde divertida. Manutenção: a essencial para limpar pó e migalhas. De resto, desde que foi (bem) organizado, nunca mais este espaço se desarrumou. Quando desafiei o Marcelo e a Cá para começarmos este blog, confesso que estava a ser mais egocentrista do que altruísta, mais desejosa de atingir o meu objetivo (de tornar a nossa casa e atelier naquilo que eu imaginava que deveriam ser) do que interessada em ajudar outros com os mesmos problemas e angústias que nós (mais eu do que nós). Só que a vida tratou de me mostrar que eu não sou assim tão egocentrada e que ajudar o outro é muito mais importante para mim do que eu pensava. Ok, Carlota, and what's the point? O que eu quero dizer com isto é que não fazem ideia de como me tocam alguns e-mails que recebemos e como, mesmo depois de responder, essas pessoas não me saem do pensamento. Pessoas que querem dar uma volta às suas casas e se sentem inspiradas por nós. Outras, que nos pedem para ir mais devagar para poderem acompanhar. Outras, ainda, que precisam mesmo de ajuda efetiva para organizar um espaço ou decorar uma divisão, e contam connosco para isso. Este ano, já transformámos a sala de uma amiga, já ajudámos a organizar e decorar um pequeno apartamento de outra, já arranjámos roupeiros, restaurámos móveis,...