Nova Iorque para gente como nós – I

Nova Iorque para gente como nós – I

Não, ainda não virámos blogue de viagens. 😀 Este artigo é sobre Nova Iorque, sim, mas a Nova Iorque que nós há já algum tempo que queríamos visitar. A cidade dos museus e das galerias, da arte urbana e dos arranha-céus, das grandes avenidas e dos bairros peculiares, a cidade das megastores e das pequenas lojas de bairro, dos restaurantes famosos e da comida de rua, sim, tudo isso fazia parte do nosso programa, mas também uma série de locais que, não sendo os “very typical”, fazíamos questão de visitar. E é sobre esses que nos vamos debruçar aqui.

Mãe, pai e filha, todos preparámos bem estas férias. E, afinal, a preparação de qualquer viagem pode ser grande parte da diversão, não concordam? Neste caso, foi mesmo. Antes da partida já tínhamos três listas de “must do and see” para articular e reunir em cinco dias. E o mais engraçado foi perceber as particularidades de cada lista. Para não ficar demasiado extenso, resolvemos separar este tema em vários artigos.
Aqui ficam, portanto, os primeiros locais que pai, mãe e filha fizeram questão de visitar.

Da lista da Carolina faziam parte uma série de craft shops

como a Paper Source e a Paper Presentation (papelaria, brindes e estacionário) e a Purl Soho (retrosaria).

Paper Presentation
 
Purl Soho

A Purl fica mesmo no Soho, um bairro de artistas e galerias. Daqui, a Cá trouxe uns kits lindos de costura e bordado.
O Soho fazia parte da lista da mãe e, por isso, aproveitámos estar no bairro para ver umas quantas galerias de arte e lojas alternativas (de novos artesãos, estilistas e outros artistas).

 

Passemos, então, à lista da mãe:

Com especial atenção à decoração de interiores e ao design, desta lista fazia parte o MOMA – Museum of Modern Art, onde apanhámos a exposição “The Value of Good Design“.




 

Inspiração boa para criação de novas peças para a nossa casa! Aqui a Carlota saiu de lá com vontade de fazer pintura em tecido. Daí, o próximo local que aconselhamos, a Blick, loja de material de artes. Uma tentação! Não há como nos sentirmos todos uns artistas, aqui…

Por fim, a lista do pai:

Desta lista fazia parte a aeronáutica e a aviação e algumas moradas especiais. Se têm curiosidade pela vida a bordo de um porta-aviões, se gostam do mar, do ar e do espaço, de aeronáutica e aviação, não percam o Intrepid Museum. Mesmo para quem não tem especial interesse – como aqui a Carlota –, é uma surpresa boa! E preparem-se para dedicar meio dia a este museu.

 

Aviões, helicópteros, jatos e naves espaciais, vimos de tudo… e até deu direito a entrada num submarino (pai e filha, que a mãe não se deu bem com a claustrofobia).

 

E quanto ao próximo local, que nada parece dizer, trata-se do antigo atelier do Jimmy Diresta, um dos nossos youtubers favoritos. E adivinhem qual é porta de entrada!

Yep, o galpão no chão!
Uma das curiosidades de Nova Iorque é podermos encontrar aqueles espaços que apenas conhecemos da internet, dos vídeos do Youtube ou das séries de televisão. Por isso, das nossas listas faziam parte uns quantos locais destes, para nós “locais de culto”. Mas há mais! Há outros mas, esses, estava a pensar guardar para outro artigo… se vos interessar, é claro. Interessados?

Beijos e abraços,

Carlota

1 Comentário
  • Emilia Nazareth
    Publicada às 21:17h, 02 Maio Responder

    Também gosto muito de planificar as minhas férias. Logo que decido o destino, começo a investigar o que há de interessante para visitar e faço o meu guião antes de ir comprar os bilhetes. Quando chego à agencia, apresento a minha planificação e depois é só ajustar os horários dos voos e o orçamento.Isto porque, normalmente, vou por mais tempo para aproveitar a viagem e visitar mais locais, no país em causa.
    Gostei muito da forma como vocês organizaram o vosso guião porque procuraram aliar o cultural/educativo ao profissional e aos hobbies de cada um.
    O vosso relato despertou em mim, o desejo de conhecer essa cidade, E já sei a quem recorrer para pedir sugestões.
    Vou estar atenta aos futuros artigos sobre esta viagem!
    Obrigada pela partilha!

Publicar Comentário