Manchas castanhas nas folhas da Ficus Lyrata

Manchas castanhas nas folhas da Ficus Lyrata

Manchas castanhas na Ficus podem ser sinal de tudo!… Água a menos, água a mais, raíz apodrecida, luz a mais ou falta de luz. Boa! Olhando para a nossa, a ficar sem folhas a cada dia que passa, depois de ficarem cravadas de manchas castanhas, penso se conseguirei perceber qual é o problema dela e se terá solução. Fui, então, procurar informação sobre como identificar estas manchas castanhas e percebi o seguinte:

– manchas que se situam nas folhas mais expostas (e não nas inferiores, que ficam mais escondidas) e que acabam por ficar estaladiças são sinal de queimadura solar; confirmamos essa informação se a planta tiver estado exposta a sol direto, na rua ou através da janela. Estas manchas situam-se em qualquer zona da folha e podem ter um anel amarelo em volta.

– manchas estaladiças, castanho claro e que aparecem geralmente pelo exterior da folha progredindo para o interior são sinal de secura. As folhas acabam por cair por falta de água. O mesmo pode acontecer quando a planta está num ambiente muito seco.

– manchas causadas por excesso de água podem aparecer em qualquer parte da folha – no meio, na borda ou junto ao caule. Estas são muito escuras ou com aparência turva. Se temos regado a planta com frequência, este pode ser o problema. Aguardando uma semana até voltar a regar fará com que as manchas não se espalhem.

– manchas em qualquer parte da folha e em todas as folhas também pode ser sinal de raiz apodrecida. Esta situação é a mais grave mas pode ser resolvida se detetada a tempo. Neste caso, há que retirar a planta do vaso, remover as raízes macias, viscosas e escuras, e colocar num vaso que escoe bem a água, com novo substrato.

– a falta de luz poderá ser também motivo para o aparecimento das manchas castanhas mas, neste caso, é provável que o solo esteja demasiado húmido e seja esse o real motivo do problema. Algum sol direto, principalmente o da manhã, ajuda a planta a proteger-se desta doença e o solo a secar melhor.

– pequenos pontinhos negros são sinal de edema, fruto de regas inconsistentes ou excesso de água. Aparecem nas folhas novas e vai-se tornando menos perceptível à medida que estas amadurecem. Neste caso, toca a estabelecer um horário e um calendário consistente. Um copo de água por semana, sempre no mesmo dia, será suficiente para uma planta de porte médio. Tem é que haver rotina! Esquisitinha a menina…

Analisando a única folha da nossa planta, com manchas de um castanho claro e que aparecem primeiro nas bordas, julgo que o problema deva estar, então, no ar  seco. Aqui está outra fotografia que tirei, há umas semanas, de uma outra folha:

Por aqui se vê bem que estas manchas aparecem nas bordas e vão progredindo para o interior. Tudo se conjuga! Estas plantas requerem humidade acima dos 60% e a nossa sala, onde a coloquei, estará longe disso. Mais um ponto a favor da secura. Mesmo assim, retirei-a da terra e analisei as raízes, que não me parecem podres, nem a terra está ensopada. Ok, ganha a secura! Entretanto, nesta folha, percebe-se também os pontinhos escuros… se não é excesso de água, é inconsistência nas regas.

Bom, julgo que cheguei a uma conclusão: vou colocá-la na cozinha, onde tem boa luz e mais humidade e vou regá-la sempre ao domingo com um copo de água. A ver vamos!

Se não salvar a minha espero que este artigo salve, pelo menos, outras Ficus por aí! Eu vou dando notícias.

Beijos e abraços,

Carlota

 

Sem comentários

Publicar Comentário