Agosto 2017

Olá! Se havia de andar por aqui a braços com bactérias, a semana passada foi a melhor. Foram cinco dias de luta mas já estou fresca que nem alface (com um ou dois dias). Agora, é que o trabalho vai apertar, a gestão dos horários e aulas vai começar e isto está a aquecer! A Cá está de regresso a casa e também já se prepara para o novo ano letivo (ela e nós com algumas daquelas decisões de recomeço de que vos falei há dias atrás). Entretanto, ofereceram-nos um livro que achei muito interessante: Motivar os filhos para o estudo. A autoria é de Ana Manta, uma amiga, psicóloga especialista em desenvolvimento infantil e a mentora do blogue "Motivar os filhos para o estudo". Há tempos que não abordávamos um tema de organização e acho que este livro é um excelente guia para ajudarmos os nossos filhos neste novo ano escolar, com um capítulo até especificamente dedicado à organização do espaço e do tempo de estudo.     Mãe de três filhos, neste livro a Ana mostra-nos como é possível apoiá-los e prepará-los para serem estudantes bem-sucedidos, através de estratégias criativas e divertidas (e outras mais sérias). Podemos resumir o conteúdo do livro em 10 pequenos "mandamentos", mas isto é apenas um cheirinho, tendo em conta todas as dicas e indicações que são abordados no seu desenvolvimento e que nos fazem refletir: Não grite; Interesse-se genuinamente pela sua vida; Ajude o seu filho a organizar-se; Ajude o seu filho a aprender a motivar-se; Deixe o seu filho organizar o espaço de estudo; Ajude-o a focar a atenção e a concentrar-se; Ajude o seu filho a treinar a memória; Crie uma sintonia escola-família; Ajude o seu filho a ser positivo; Quando estiver a desesperar, respire fundo e conte até 10.     Por ser tão interessante, vamos oferecer um exemplar! Vejam como: 1. Colocar Gosto na nossa página de Facebook; 2. Partilhar este passatempo na sua página pessoal de Facebook. 3. Comentar a publicação no nosso Facebook identificando três amigos. Critérios de seleção do vencedor Obrigatório ter respondido a todos os pontos da mecânica do passatempo; o vencedor será escolhido aleatoriamente, por sorteio. Prémio Livro "Motivar os filhos para o estudo" Data limite de participação 3 de setembro de 2017 Divulgação do vencedor 4 de setembro de...

Que alegriiiiaaa, a nossa sala está finalmente arranjada! Paredes pintadas, tetos novos, estores retirados, portas remodeladas e organizada da forma que nós achamos mais prática e confortável. Uhuuu! Acreditem, esta tarefa foi custosa! É uma sala, mas parece que são três. Tem um layout tramado: duas portas, um arco, um pilar, vigas e um teto inclinado. Arquitetos e decoradores eventualmente dirão que não percebem a dificuldade...

Ai, férias, férias! A semana passada ouvi uma rubrica na Antena 3 acerca de uns estudos que concluíram que uma semana de férias é o ideal para nos libertarmos do stress e fortalecer o nosso sistema imunitário durante um mês. Mais do que uma semana em nada aumenta a nossa satisfação, dificultando – isso sim – o regresso ao trabalho e a chamada "depressão pós férias". De facto, por todo o lado ouço queixas acerca do final das férias e do regresso ao trabalho...

Como combinado, as revistas que estavam para ir para o lixo têm vindo a ser novamente folheadas e, hoje, encontrei mais um artigo merecedor de vir para o arquivo. Encontrei esta imagem na revista Caras Decoração de janeiro de 2016. Olhem que ideia gira: um tapete já guardado pode ser exposto numa parede! Isto leva-me a outra ideia: um tapete liso pode perfeitamente ser pintado à mão por nós, gente jeitosa e cheia de bom gosto.     Sei, por experiência própria, que as tintas acrílicas que uso na ilustração, muito dificilmente saem com as lavagens. Quando pintam o tecido, pintam mesmo – à conta disso já estraguei algumas peças de roupa :-D...

Lembram-se destes frascos que reciclámos?   https://52.pt/blog/organizacao/dica-diy/ Pois é, entretanto tiveram um upgrade mas nunca cheguei a partilhar. Acrescentei contas e missangas à tampa e ficaram mais delicados. Os nossos estão no quarto de banho e continuo a achá-los lindos, sempre que lhes pego! Aqui fica como fiz:     Com o martelo e um prego fiz um furo na tampa; Passei, pelo interior da tampa, um arame fininho com uma conta a servir de travão e, da parte de fora, coloquei mais uma conta e uma missanga. No final, enrolei um pouco o arame para prender e cortei o excesso. Simples, mas trabalhinho de paciência.       É um trabalho giro para nos entretermos numa tarde de férias!...