Organização

Qualquer altura é boa para renovar e organizar o roupeiro, mas não há como as mudanças de estação para perceber que "o que tem que ser tem muita força". E como fazer um detox ao guarda-roupa? Como mantê-lo, depois, organizadinho e arrumado? O que é que podemos fazer para termos gosto em nos vestirmos e arranjarmos todos os dias? O que é que podemos fazer para nos sentirmos bem ao olhar para o nosso guarda-roupa?     A ideia é não perder muito tempo a escolher a roupa que vestimos, diariamente. O nosso humor altera-se quando vestimos uma coisa e voltamos a tirar porque algo não correu bem. É terrível preparar a roupa dos filhotes e, já na hora de sair de casa, reparar que a manga comprida é, agora, quase uma meia manga...

Por vezes é preciso um tapete bem fofo, uma almofada confortável e uma chávena de chá de erva-príncipe para tratar de certas papeladas e assuntos pendentes. Decidimos renegociar as dezenas de seguros que nos foram "obrigando" a fazer ao longo dos últimos anos. Multi-riscos habitação, multi-riscos negócios, seguros de trabalho, de saúde, de vida, de recheio, automóvel...

Esta época do ano tem isto de bom: uma diversidade imensa de legumes deliciosos para acompanhar os nossos pratos. Ontem tínhamos cá uns cinco tipos diferentes de couve (coração, pack choi, galega, nabiças, grelos) e, ainda alface e espinafres. Tudo isto a lutar por um espacinho no frigorífico, que quase rebentava pelas borrachas! Ontem foi dia de cozinha...

Nunca tinha pensado nisto, mas faz sentido: para que quartos de banho pequenos pareçam maiores devemos decorá-los num tom apenas. E aqui fica uma sugestão para reciclagem de frascos de conservas para um quarto de banho em tons cinza, uma versão muito sóbria e cheia de estilo.   Recipientes para guardar pequenos objetos na casa de banho Material: Tinta em spray Frascos de vidros variados (com tampa, lavados e secos) Fita adesiva de pintura (a nossa favorita: a azul, da Tesa)   Isola-se a área que ficará transparente com as fitas de pintura (a azul, da Tesa, faz um isolamento perfeito. Usamo-la para delinear a fronteira; a outra, mais barata e mais larga, usamos no resto do frasco).   Pinta-se os frascos e as tampas.     Deixa-se secar muito bem – algumas horas – e, depois, retira-se as fitas adesivas. E pronto, agora já podem guardar todos os objetos pessoais no quarto de banho - algodão, discos faciais, elásticos e ganchinhos, cotonetes,...

E esta semana, considerámos que estão a mais: Domingo – Amostras de produtos -> lixo Segunda-feira – Taça de vidro -> doação Terça-feira – Móvel de CD's -> venda/doação Quarta-feira – Móvel de prateleiras -> venda Quinta-feira – Blocos de notas -> doação (em família) Sexta-feira – Pantufas -> doação (em família) Sábado – Telemóvel -> doação (em família) ...

Há quem lhe chame "casa de banho" e quem diga que é "quarto de banho". Parece que o nome "casa de banho" provém das "casinhas" que existiam antigamente no exterior (quintais ou varandas) da maioria das residências, e que, entretanto, com a invenção do sifão, puderam passar para o interior das nossas casas. Naturalmente, de casa de banho passou-se a quarto de banho, por ser mais um quarto, uma divisão da casa. Curioso, não? E, esta semana, é a este quarto que vamos dedicar a nossa atenção. Mas como é que dois metros quadrados de quarto de banho de banho, que é a nossa, podem dar tanto que falar? Pois é, mas chegámos à conclusão que dão...

A semana passada foi uma agitação! Ainda assim, não deixámos de destralhar todos os dias. Esta semana, saíram cá de casa os seguintes excessos: Domingo – Madeiras da oficina -> lixo Segunda-feira – Cabide "coroa de princesa" -> doação Terça-feira – Galinhas de metal decorativas -> doação Quarta-feira – Caixinha de cartão (mais uma?) -> doação Quinta-feira – Caixas de madeira e cartão (mais três?) + cadernos Ca + papelada -> lixo Sexta-feira – Embalagens de minas vazias (a sério?!) -> lixo Sábado – Flor de plástico -> lixo     Quanto á flor...

Este artigo demorou algum tempo a preparar, mas está PRONTÍSSIMO a ser partilhado. No dia 1 de janeiro resolvemos pegar na máquina fotográfica, papel e caneta e fazer uma "listinha" de tudo o que precisa de ser arranjado/melhorado nesta casa. O Luke acompanhou a incursão, deitando-se em todas as camas e rebolando em todos os tapetes que encontrou...

Em resposta ao nosso primeiro desafio deste ano, todos os dias da semana passada destralhámos qualquer coisa. Assim sendo, já foram à sua vida (ou estão prontinhos para ir), os seguintes objetos: Domingo - Mala de viagem -> venda Segunda-feira - Pantufas -> doação Terça-feira - Máquina de fatiar -> venda/doação Quarta-feira - Sapatilhas de ballet ->devolução Quinta-feira - Embalagens com amostras e cremes, praticamente vazias ou fora de validade -> lixo Sexta-feira - Perfumes -> lixo Sábado - Roupa da Ca -> doação Até agora não foi difícil. Nem sequer foi preciso andar em grandes arrumações para tomar as decisões. Claro que separar a roupa que os nossos filhos já não vestem é mais demorado e implica trabalho de casa, mas colocar no saco ou caixote um eletrodoméstico que não utilizamos, não custa nada...