Organização

Em espaços pequenos faz sentido colocar as secretárias viradas para a parede e, se a parede estiver "bem tratada" com objetos bonitos, imagens inspiradoras, quadros ou calendários, o que for que nos faça sentir bem, é a melhor solução para optimizar o espaço e dissimular cabos. Só que em espaços muito amplos, como é o caso no nosso novo atelier, trabalhar virados para a parede, com tudo a acontecer nas nossas costas, não me pareceu plausível e foi condição desde logo imposta – a secretária teria que ficar virada para o centro da sala. No entanto, esta opção tem o problema de expôr, a quem entra, toda uma parafernália de cabos e cabinhos imprescindíveis numa mesa de trabalho...

Para quem não teve oportunidade de frequentar o último workshop de Organização, no dia 15 de abril entre as 15h e as 18h, lá estarei, no Homy Pop Market, no Mercado de Cascais, para mais uma partilha de tudo o que tenho vindo a aprender (e a aplicar!) nos últimos anos acerca deste tema. Neste workshop, vamos falar da importância de ‘destralhar’, vamos partilhar estratégias para organizar a casa, ideias de arrumação que nos ajudam a mantê-la organizada e conhecer algumas soluções que facilitam o nosso dia-a-dia.     Sim, vamos divertir-nos a "trabalhar" para uma casa (e uma vida) mais organizada! ;-) Mais informações e inscrições aqui. Carlota...

"É desta que vou arrumar a minha vida e tornar a nossa casa e atelier locais de serenidade e inspiração!" Assim começava este blog, no dia 3 de janeiro de 2016. E assim tem sido desde esse dia: arranjamos, construímos, melhoramos, substituímos, destralhamos e organizamos. Destralhar foi mesmo a palavra de ordem de 2017. E o que nós destralhámos...

Quem já sentia falta de uma boa dica de organização? Eu. :-D Nos últimos dias tenho estado a preparar o workshop "Organizar a Casa para Organizar a Vida", que vai acontecer em Lisboa, na Red Apple, no próximo dia 4 de março, e, com medo de esquecer de algo que pode ser importante – algo que já assimilei na minha vida e que já faz parte das nossas rotinas – fui buscar o meu caderno de apontamentos do curso que fiz com a Priscila Sabóia (sim, que aqui a vossa amiga tem diploma de Personal Organizer!). E ainda bem que o fiz pois, na realidade, há pequenos hábitos de organização que adquirimos nesta casa, que vejo agora como foram importantes...

As temperaturas já começaram a descer e parece que para a semana já temos chuva. Está na hora de nova volta aos roupeiros – descartar o que já não serve, já não usamos ou está estragado ou velho, lavar e arrumar o que não se adequa à estação e recuperar o que vamos querer usar nos próximos tempos. Este fim de semana, no Forum Coimbra, os nossos workshops vão dedicar-se à roupa. Pais e filhos vão aprender dobras básicas e levar para casa algumas dicas de como manter um roupeiro funcional. Podemos já adiantar algumas:       Um roupeiro funcional é um roupeiro harmonioso e prático! É importante que toda a roupa esteja visível e acessível. O que não é visto não é usado! Destralhar é uma tarefa que se faz com frequência. Pelo menos, uma vez por estação. Colocar toda a roupa em uso na zona mais acessível do armário. Roupa de tamanhos maiores (herdada de irmãos e primos) separada em caixas etiquetadas por idades, na parte mais alta do roupeiro. Usar cabides todos iguais e sempre virados para o mesmo lado. Colocar apenas uma peça por cabide. Separar a roupa por cor, da mais escura para a mais clara. Usar produtos organizadores (caixas de sapatos, embalagens de plástico, cestos,...