Organização

Quadros na parede, bem visíveis aos olhos de todos, para escrever listas de tarefas, fazer o planeamento semanal ou mensal, colocar horários e calendários, são imprescindíveis para uma boa organização de equipa, seja familiar ou profissional. Nós somos adeptos desta forma de "estar em sintonia". Em casa, temos um grande quadro preto e, no atelier, sempre tivemos um daqueles quadros brancos de escritório. Eficiente, mas pouco engraçado. Como certamente saberão, há uns meses mudámos o nosso local de trabalho para um novo espaço e também aqui precisámos do dito "quadro branco". No entanto, a miúda desta casa fazia questão de um quadro mais interessante...

Na continuação do update aos artigos que me parecem mais significativos desde que começámos este blog, mantenho a temática da Organização, pois – não sei quanto a vocês – eu gosto de começar o ano com a casa organizada (além disso, a temporada de festas por que passámos assim obriga). Toalhas, panos de cozinha, individuais, todos levaram tal "esfrega" durante as festas que, agora, têm que retomar o seu lugar nas gavetas...

Em espaços pequenos faz sentido colocar as secretárias viradas para a parede e, se a parede estiver "bem tratada" com objetos bonitos, imagens inspiradoras, quadros ou calendários, o que for que nos faça sentir bem, é a melhor solução para optimizar o espaço e dissimular cabos. Só que em espaços muito amplos, como é o caso no nosso novo atelier, trabalhar virados para a parede, com tudo a acontecer nas nossas costas, não me pareceu plausível e foi condição desde logo imposta – a secretária teria que ficar virada para o centro da sala. No entanto, esta opção tem o problema de expôr, a quem entra, toda uma parafernália de cabos e cabinhos imprescindíveis numa mesa de trabalho...

Para quem não teve oportunidade de frequentar o último workshop de Organização, no dia 15 de abril entre as 15h e as 18h, lá estarei, no Homy Pop Market, no Mercado de Cascais, para mais uma partilha de tudo o que tenho vindo a aprender (e a aplicar!) nos últimos anos acerca deste tema. Neste workshop, vamos falar da importância de ‘destralhar’, vamos partilhar estratégias para organizar a casa, ideias de arrumação que nos ajudam a mantê-la organizada e conhecer algumas soluções que facilitam o nosso dia-a-dia.     Sim, vamos divertir-nos a "trabalhar" para uma casa (e uma vida) mais organizada! ;-) Mais informações e inscrições aqui. Carlota...

"É desta que vou arrumar a minha vida e tornar a nossa casa e atelier locais de serenidade e inspiração!" Assim começava este blog, no dia 3 de janeiro de 2016. E assim tem sido desde esse dia: arranjamos, construímos, melhoramos, substituímos, destralhamos e organizamos. Destralhar foi mesmo a palavra de ordem de 2017. E o que nós destralhámos...

Quem já sentia falta de uma boa dica de organização? Eu. :-D Nos últimos dias tenho estado a preparar o workshop "Organizar a Casa para Organizar a Vida", que vai acontecer em Lisboa, na Red Apple, no próximo dia 4 de março, e, com medo de esquecer de algo que pode ser importante – algo que já assimilei na minha vida e que já faz parte das nossas rotinas – fui buscar o meu caderno de apontamentos do curso que fiz com a Priscila Sabóia (sim, que aqui a vossa amiga tem diploma de Personal Organizer!). E ainda bem que o fiz pois, na realidade, há pequenos hábitos de organização que adquirimos nesta casa, que vejo agora como foram importantes...