Mais uma planta que podemos apanhar perto de casa. Tem uma cor linda, não tem? Descobri que se chama soagem ou chupa-mel e que pode causar irritação em peles mais sensíveis quando manuseada. Por acaso, desconfiei quando a vi — fez-me lembrar uma urtiga, pois tem o caule peludo — e usei luvas e tesoura  (como faço sempre com estas invasivas, das quais desconheço a toxicidade). Também não faço questão de chegar o nariz a qualquer flor e cheirar...

E o que fazem umas unhas cor-de-rosa com um berbequim, uma serra elétrica (!), uma madeira velha e uns quantos ferranchos, sem Eme por perto?! Sugestões? Ui! Perigo! Fica o teaser...

Pois, na realidade, nesta casa somos mais do que três. Contando com a Mifi e o Luke, somos cinco a sujar! Os gatos habitam no atelier, local onde passamos a maior parte do dia. São a nossa companhia, a companhia dos nossos colaboradores e, nas horas de maior aperto, são quem nos ajuda a descontrair...

Adoro duas palavras em inglês: breathtaking e overwhelming (em português, "de tirar o fôlego" e "esmagador"). E é só isto que me ocorre quando dou de caras com obras como esta!     Precisão, é outra palavra que me ocorre, enquanto admiro estas "rosas" em espiral...

Uma vez, na Alemanha, vi uns abajures numa montra tão lindos, que nem consigo descrever!!! Feitos com vários tecidos e aplicações e de vários formatos, muito alegres e kitsch! Um dia, para o quarto da Ca, inspirada nesses, fiz este! É diferente dos que vi na Alemanha, mas gosto muito dele! É feminino, colorido, alegre...