Aqui está o meu lava pincéis de alumínio. Normalmente, uso-o na ilustração e nas minhas aulas de artes com os pequenitos, mas trouxe-o para casa para, finalmente, lavar os meus pincéis de maquilhagem e colocar a secar. Este, comprei-o no Ponto das Artes, mas podem encontrar à venda em diversas lojas de produtos de belas artes.   Vantagens e desvantagens: dá para colocar um pouco do líquido de lavagem no recipiente — neste caso, água com sabonete antibacteriano, com sabão azul ou champô — e esfregar levemente as cerdas na rede metálica, para retirar bem os excessos de pó e base. Ainda assim, devemos passar, depois,...

Há tempos a Ca esteve no atelier com as amigas a fazer umas criações. No final, deixou tudo assim, e eu percebi que alguma coisa andamos a fazer bem. ;-)   Sabiam que os pincéis de maquilhagem acumulam sujidade e que a grande maioria das mulheres usa os pincéis com meses de bactérias e restos de maquilhagem? Dito assim impressiona, não? E eu sou (ou era) uma delas! Sinceramente, nunca tinha pensado nisso...

Quando mudámos para esta casa, que data do início dos anos 80 (a casa, não a mudança!), um dos pequenos grandes pormenores que quisemos logo alterar foram as tampas das caixas de estore, que estavam velhas, feias, com várias camadas de tinta e davam um ar pesado à casa. Esta nuvem, que está no quarto da Ca, foi uma das primeiras obras de bricolage a que nos atirámos e ainda hoje lá está...

Ora aqui está! Um cabide! Esta ideia andava a moer-me há demasiado tempo! Há mais de um ano que guardo, na minha sala, madeiras velhas que foram retiradas de uma palete. Aposto que já muita gente que lá entrou se perguntou "mas por que raio tem ela este lixo aqui?"...